As cartas que nunca te enviei: Cicatrizes

Meu amor,

A dor tem o poder de transformar as pessoas.
E o amor, por ser dor, me transformou.

Já não sou mais a mesma de antes.
Carrego comigo uma centena de cicatrizes. E elas me fazem, visivelmente, parecer mais velha do que sou.

Carrego comigo todas as palavras que disseste.
Carrego comigo o amor que não foi.

O peso de uma história que não teve fim, muito menos começo. A dor de ter amado sozinha.

E nada do que eu faça ou deixe de fazer vai mudar este fato.

O fato de que te amei. E o fato de que você se foi.

Sua