Today’s Idea: Twenty two

Faço aniversário junto com a revista Glamour (logo mais vou publicar um texto sobre isso). E lendo a edição de aniversário, uma das mais esperadas do ano, me deparei com algumas palavras supersinceras da editora Mônica Salgado, falando justamente sobre essa data tão especial para nós – ou pelo menos para alguns de nós 🙂

Ela fala o seguinte: “Aniversário é que nem Natal. Ou você ama ou você odeia. É a data oficial do vamos-ver-o-quanto-eu-sou-querida”. E no decorrer do texto cita algumas das ferramentas de “averiguação”, como por exemplo: áudios de whatsapp, telefonemas, posts no facebook ou instagram, e por aí vai. Mas ressalta que “as manifestações ocorridas imediatamente após às 0h valem o dobro de pontos”.

Obviamente o lado cômico dos textos da Mônica está presente. Mas apesar de ser engraçado, tem um lado bem humano e verdadeiro nisso tudo. Porque é nessas datas que percebemos o quanto nós somos especiais na vida de alguém. E vale a pena, de verdade, fazer esse exercício.

Eu, por exemplo, recebi três mensagens (das pessoas mais especiais da minha vida) justamente às 0h. Algumas, pela diferença de fuso horário, mandaram seus sinais de fumaça às 0h de seus respectivos países. E são nessas pequenas ações que você percebe a importância que você tem na vida dessas pessoas. Ou a falta, também há casos.

Ao final do texto, a Mônica diz o seguinte: “com esse exercício conseguimos ter uma ideia bem palpável da nossa importância na vida de quem importa para nós. E isso mexe lá no fundo. A não ser que você seja budista em estágio avançado de elevação ou psicopata, você se importa”. E é a mais pura verdade.

Por isso gostaria de agradecer por todas as pessoas especiais que dedicaram um pouco do seu tempo para me desejar coisas boas, trocar mensagens e distribuir um pouco de amor. Meu dia ficou, definitivamente, mais colorido por conta disso ❤

E viva os 22! 🙂