Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski em Lisboa

Todos que me acompanham há bastante tempo sabem que um dos meus maiores objetivos com este site (e com a minha coluna no The Huffington Post Brasil) é unir os países lusófonos – com um maior enfoque no Brasil e em Portugal. Afinal, apesar da distância, há uma língua que nos une e que nos torna próximos. E convenhamos, que delícia é a nossa língua, não acham? 🙂

Por isso imaginem a minha felicidade quando soube do concerto criado por Adriana Calcanhotto, como uma forma de homenagear a língua portuguesa enquanto elo de ligação entre as duas margens do Atlântico. Foi tipo “uau”, que sacada genial – ainda mais vindo de uma das minhas artistas brasileiras favoritas.

O espetáculo, intitulado “Das Rosas”, foi apresentado originalmente em 2015 para o encerramento das comemorações do 725º aniversário da Universidade de Coimbra. Depois disso, o sucesso foi tanto que voltou a ser apresentado, dessa vez em conjunto com Arthur Nestrovski, diretor artístico da Orquestra Sinfônica de São Paulo e um cara inteligentíssimo.

Na última sexta-feira tive a sorte e o privilégio de conferir a apresentação que aconteceu aqui em Lisboa, no auditório principal da Fundação Calouste Gulbenkian. E ver a Adriana, para mim, foi como um sonho – já perdi as contas de quantas vezes me emocionei com suas músicas ou quantas vezes me peguei cantando alguma melodia enquanto percorria o caminho para o trabalho.

Foi lindo, inesquecível e delicioso ❤

O reportório viajou pela música e poesia de ambos os países, juntando poemas de Camões, Mário de Sá Carneiro, Fernando Pessoa, Vinicius de Moraes, Caymmi, Tom Jobim, Chico Buarque, entre outros. Além disso, entre cada canção, ela e o Arthur deram uma verdadeira aula de literatura e música – por vezes me senti em uma sala de aula. E o tempo passou voando!

Ao fim, Adriana ainda homenageou Lupicínio Rodrigues e, por insistência da plateia, cantou dois de seus maiores sucessos: Esquadros e Inverno. Foi aplaudida de pé por longos e longos minutos, o que só comprova a força que ela tem não só em solos brasileiros. Foi impecável, quem tiver a oportunidade de assistir a um destes concertos, vá 🙂

Foto: Márcia Lessa
Foto: Márcia Lessa
Foto: Márcia Lessa
Foto: Márcia Lessa

Tentei encontrar algumas das músicas no Youtube, e achei uma das minhas favoritas e uma das primeiras que ela cantou (uma poesia de Sá Carneiro):

Mais informações:
Adriana Calcanhotto