Almada Negreiros: Exposição + Afternoon Tea no Four Seasons

Desde que me mudei de país, uma das coisas que mais me fascina é a sensação de viver como uma eterna turista – sempre aprendendo coisas novas e me surpreendendo diariamente. Atualmente ando super empolgada em estudar mais sobre a história de Portugal e conhecer alguns dos nomes mais emblemáticos daqui (seja na política, na arte, na literatura e por aí vai). Gosto da ideia de estar constantemente aprendendo, como se tivesse voltado à escola e começado tudo de novo. É uma delícia e foi uma das principais motivações para sair da minha zona de conforto. A vida por aqui é sempre pulsante <3

Semana passada descobri, através da revista Time Out, que a Fundação Calouste Gulbenkian está expondo cerca de 400 obras do artista português Almada Negreiros – já tinha ouvido falar dele, mas nunca me aprofundado muito. Resolvi estudar, conhecer as obras e, de quebra, sair à procura do que há de interessante em homenagem a ele (como o chá do Four Seasons Ritz, que falo mais abaixo).

Para quem não sabe, Almada Negreiros (1893-1970) foi um artista importantíssimo tanto a nível nacional quanto internacional. Ele é conhecido pelo seu impacto no modernismo, mas vale ressaltar as outras diversas facetas, como por exemplo: pintor, cenógrafo, caricaturista, bailarino, poeta, entre outros. É complexo de explicar, mas vale dar um salto na exposição para entender melhor o contexto cultural e social em que ele se inseriu.

As obras que estão lá são todas com curadoria de Mariana Pinto dos Santos, e é intitulada “José de Almada Negreiros: uma maneira de ser moderno”. Sabem a imagem do Fernando Pessoa toda colorida? É dele e está lá 🙂

Para anotar na agenda:

  • Quando até 5 de junho, das 10h às 18h (encerra às terças-feiras, domingo de Páscoa e 1 de maio)
  • Onde Fundação Calouste Gulbenkian (Galeria Principal e Galeria do Piso Inferior da Sede)
  • Valor 5€

Depois de visitar a exposição recomendo tomar o chá temático do Four Seasons Ritz, chamado “Afternoon Tea Almada Negreiros”, que é servido no lobby do hotel, onde ficam algumas obras do artista.

O chá é todo inspirado nele, com cores e padrões geométricos criados pelo chef pasteleiro Fabian Nguyen. No menu é possível encontrar delícias como macarrons, éclairs, financiers, entre outros. Obviamente, como se trata de um chá da tarde, também há diversas opções do mesmo (mais precisamente 24 tipos de infusões).

Eu estive por lá, para conferir as obras de perto, e aproveitei para experimentar o menu. Para quem tiver curiosidade, ele é servido diariamente a partir das 15h30 até as 18h30. É uma experiência única, recomendo muito, muito, muito. Vejam as fotos:

É tudo impecável (como devem ter percebido pelas fotos) e o ambiente é simplesmente maravilhoso. Ainda consegui ver o pôr do sol e descansar depois de um dia cheio 🙂

Mais informações:
Four Seasons Ritz Lisboa
Rua Rodrigo da Fonseca, 88
+351 213 811 400