Tierno Portugal (ou como conheci a Joana)

É gigante a quantidade de coisas boas que este blog já me proporcionou ao longo destes seis anos. Conheci pessoas inspiradoras, fiz amizades que duram até hoje e criei laços (e contei histórias) com marcas que admiro muito.

Quando me mudei para Lisboa, e com o aumento do número de leitores portugueses, senti que estava vivendo o comecinho do blog novamente. Muitas pessoas vieram até mim e muitas coisas boas, em tão pouco tempo, aconteceram na minha vida.

E a Joana foi uma delas. Uma pessoa especial que conheci virtualmente mas que, logo de cara, já criei uma empatia e um carinho imenso. Ela, como eu, é apaixonada pelo mundo dos bebês e fundou, este ano, a Tierno, uma marca 100% portuguesa e ultra exclusiva.

Segundo a própria, “cada peça é uma obra de arte. São todas feitas com algodão orgânico e o trabalho é inteiramente artesanal”. Inclusive há a opção de personalizar a peça com as iniciais do bebê – um luxo e uma daquelas coisas que duram para sempre (quem não tem, até hoje, as roupinhas que eram suas ou de outras gerações guardadas?). É essa a aposta da Tierno.

Conversei com a Joana pessoalmente em um café na Avenida da Liberdade e logo nos tornamos amigas. Para quem não sabe, ela escreve o blog Camomila Limão, que foi vencedor do concurso “O melhor blog de culinária de Portugal” em 2015, promovido pela Teka, e também é autora do livro “Quatro gerações à mesa”, com prefácio do chefe Kiko Martins, e que inclusive ganhou o prestigiado concurso internacional “Gourmand World Cookbook Awards”, o óscar do mundo da culinária. Não é demais?

Na ocasião ela me presentou com um exemplar do livro (que já li inteirinho de tão bom que é) e conversamos sobre a Tierno, seus planos de expansão e como tudo começou. Dessa conversa surgiu a ideia (e o convite da Joana) de irmos até a sua casa fazer algumas fotos e conhecer os produtos e as novidades em primeira mão.

E lá fui eu, em um domingo de tarde, tomar um café delicioso com a Joana, sua família e seus bonecos, Francisco e Maria do Carmo (a Carminho, inclusive, é modelo da Tierno e uma das coisas mais fofas desse mundo). Fiquei ainda mais encantada pela marca, pelas peças, por todo o carinho envolvido no processo de criação, no capricho e na atenção que ela dá às clientes (que já são de vários países do globo).

Hoje partilho com vocês um pouquinho desse mundo. E também algumas informações sobre a marca. Recomendo de olhos fechados e posso garantir que é um trabalho único (não conheço nenhuma marca assim aqui em Portugal ou no Brasil). Se tiverem alguma dúvida, acessem o site ou escrevam para a Joana, que é extremamente acessível.

Mas só um conselho: antes fazer scroll, é melhor buscarem uns lenços para não se babarem (quando terminarem de ver as fotos vão entender o porquê) 🙂

Mais informações:
Tierno Portugal