E que venha mais um ano… (hello, 2018!)

Dois mil e dezessete foi um ano intenso. Provavelmente um dos mais felizes e inesquecíveis da minha vida. E como já é tradição, resolvi fazer um balanço de tudo o que me aconteceu e meus desejos para o ano que aí vem.

Que 2018 seja cheio de felicidades e doçura 🙂

Em 2017 eu…

  • Completei um ano morando na cidade que eu mais amo no mundo: Lisboa
  • Completei um ano em um trabalho que gosto muito (com pessoas que viraram minha segunda família) e um ano morando em Alfama (bairro histórico de Lisboa que sou completamente apaixonada)
  • Fui convidada pela editora Chiado para participar do livro “Além da Terra, Além do Céu“, com a poesia “Aquele Momento”, que também já saiu em um livro em 2016
  • Aprendi a valorizar muito mais a família e as pessoas que amo e se importam comigo
  • Continuei (e continuo, às vezes) a escrever meu livro – algo que já faço há mais de três anos
  • Aprendi que dinheiro bem gasto é dinheiro gasto com experiências, e não coisas materiais (tópico de 2016 e que se repete em 2017)
  • Comprovei que tudo de ruim que nos acontece, acontece para nos fazer crescer e amadurecer de alguma forma (seja lá o que for, tudo passa)
  • Amei, desamei, pensei que me apaixonei e continuo nas entrelinhas dessa coisa estranha chamada amor
  • Conheci pessoas extraordinárias, fiz amizades que quero levar para a vida e descobri lugares novos e surpreendentes
  • Aprendi a me amar mais e a passar tempo de qualidade comigo mesma
  • Fiz a cobertura de mais uma edição da WebSummit em Lisboa, onde vi e ouvi pessoas maravilhosas como Al Gore, Suzy Menkes, entre outros.
  • Publiquei diversas matérias no The Huffington Post Brasil, sobre minha vida no exterior e as novidades do lado de cá
  • Amadureci muito (muito, muito mesmo)

Em 2018 eu quero…

  • Como já disse em 2017, e como diria Zeca Pagodinho, quero deixar a vida me levar. Portugal, Brasil, resto do mundo… who knows?
  • Ler mais e escrever muito
  • Desbravar Portugal (de norte a sul, leste e oeste)
  • Dar início a projetos que sempre tive vontade com o blog e redes sociais
  • Tentar passar o máximo de tempo de qualidade com a minha família (seja por 1 semana ou 1 mês)
  • Tentar encontrar a linha certa do amor
  • Desbravar não só Portugal, como o mundo
  • Amar mais (e mais, e mais, e mais) – porque nunca é demais

E vocês? O que esperam de 2018?