Por dentro do Torel Avantgarde, novo boutique hotel do Porto

Portugal é mesmo um país fascinante e que me surpreende a cada dia. Em abril, para comemorar o meu 24º aniversário, resolvi passar um final de semana prolongado no Porto para explorar um pouco mais a cidade (só estive lá uma vez) e conhecer um novo empreendimento hoteleiro que já faz o maior sucesso.

Se chama Torel Avantgarde e é um boutique hotel 5 estrelas (abriu as portas em setembro de 2017) que já foi considerado um dos melhores novos hotéis da Europa pelo jornal britânico The Guardian. O projeto, que faz parte do grupo Torel, é liderado pelo português João Pedro Tavares e pelas austríacas Ingrid Koeck (que tive o prazer de conhecer) e Barbara Ott.

O edifício, construído nos anos 40 e totalmente sóbrio, esconde um verdadeiro museu por trás de suas portas. A começar pelo hall de entrada, com esculturas em madeira do artista Paulo Neves e mobiliário nos tons de verde, vermelho e amarelo (para homenagear a bandeira de Portugal). Aliás, tudo por lá é feito por artistas portugueses, como me explicou a querida Ingrid.

“Nós queremos mostrar aos hóspedes como o povo português é talentoso, por isso cada detalhe tem a assinatura de um artista nacional”, contou ela, enquanto me fazia um pequeno tour pelo hotel.

Ao total o espaço conta com 47 quartos divididos por 9 tipologias, todos diferentes uns dos outros e homenageando grandes artistas, como Albert Einstein, Coco Chanel, Oscar Wilde, Leonardo da Vinci, Janis Joplin, entre outros. O que fiquei (lindo por sinal) é uma homenagem ao pintor alemão Max Ernst, conhecido por, no início da sua carreira, copiar as paisagens de Van Gogh.

A decoração, como podem ver nas imagens, é absolutamente sofisticada e delicada. Tudo obra de um trabalho conjunto desenvolvido pelo coletivo Nano Design e pela designer de interiores Isabel Sá Nogueira (além das obras de quatro artistas portugueses diferentes: Jorge Curval, Frederico Draw, Daniel Eime e Paulo Neves). Um dos destaques do hotel, sem dúvida, é a sala das flores, que foi o maior sucesso nas fotos que publiquei no Instagram. Segundo Ingrid, “como não tínhamos espaço para fazer um jardim exterior, resolvemos trazê-lo para dentro do hotel. O resultado foi mais positivo do que o esperado”. Também pudera, com tamanha beleza e vivacidade de cores 🙂

Para além disso tudo, o hotel ainda conta com um restaurante incrível, com vista de tirar o fôlego. O Digby é o primeiro restaurante da Casa da Comida no Porto. Ele oferece uma cozinha contemporânea onde dominam os sabores da gastronomia portuguesa com ingredientes sobretudo de origem nacional. Também podem desfrutar do SPA Balsamea, que tem à disposição uma lista de tratamentos, massagens e outros serviços estéticos, bem como um ginásio e banho turco. Adorei o detalhe da parede toda em musgo verdadeiro, que dá um aroma delicioso ao espaço 🙂

Quem tiver a oportunidade, recomendo muito uma visita ao hotel – mesmo que seja apenas para tomar um chá na belíssima sala das flores ou almoçar no Digby. Para uma experiência completa, passar uma noite por lá não é má ideia. E o melhor: a Ingrid me avisou que, quem quiser se hospedar lá e avisar que viu este post, ganha um desconto especial. Quer oportunidade melhor do que essa?

Mais informações:
Torel Avantgarde
Rua da Restauração, 336, Porto
+351 220 110 082